Make your own free website on Tripod.com
 
 
 
 
 
 
 
 

Mulher que Virou Canoa é o primeiro e único livro de contos de Eustáquio Gomes até aqui. Publicado em 1978, reúne 16 textos escritos em apenas duas semanas, à base de um por dia, para aproveitar a lacuna aberta na programação de um editor de São Paulo. Não mereceu qualquer comentário crítico e, pela edição, tampouco o autor recebeu quaisquer direitos autorais exceto a cessão de 400 exemplares. Recentemente um desses contos de juventude foi reescrito e publicado no jornal “O Estado de S. Paulo”, sob o título “Os paramentos”, ao lado de contos de Moacyr Scliar, Ivan Ângelo, Luís Fernando Veríssimo e Ignácio de Loyola Brandão.
 
Editora: L. Oren

192 páginas. Não disponível no mercado.